Título Original: As Grandes Aventuras de Daniella

Editora: Arwen

Páginas: 242

Gênero: Chick-lit

Nota: 





Heeey !

A primeira vez que escutei falar desse livro foi quando ele ainda estava no Wattpad, fiquei com vontade de ler mas tenho certa dificuldade para ler no mesmo. Sem perceber tinha certo preconceito pela protagonista não ser magrinha (mesmo que eu seja totalmente Dani) mas quando a Arwen minha parceira maravilhosa me deu a oportunidade de ler os lançamentos eu sabia o que devia ler. Então confiram essa resenha:

Bom, o que eu tenho a dizer sobre esta história maluca que estou prestes a contar? É simples: vocês não vão acreditar. Sério mesmo. Vai parecer loucura, com minha boca suja, dois pés esquerdos, noites inusitadas e quilinhos a mais (muito mais, mas não vamos entrar em detalhes...). Mas vou fazer o quê? É a verdade. E eu vou contar para vocês porque... Sei lá. Na verdade, eu nem devia estar contando, alguns de vocês vão se chocar.
Ainda está aqui? Bom, o risco é todo seu. Prepare-se.
Ah, é verdade, esqueci de me apresentar (típico). Meu nome é Daniella Fagundes, vinte e oito anos, namoro com o Thiago há dois anos e posso dizer que tudo está mais que perfeito! (xi, exagerei agora, né?). Também adoro comer e sou diferente de qualquer outra mulher que já tenha contado sua história para vocês. Por quê? Porque sou uma daquelas mulheres conhecida como gordinha. Sabe como é? Eles não se referem a mim como a sagaz Daniella ou a superconfiante Daniella. Sou apenas a gordinha do grupo. Sempre tem que ter um, não é?
Bom, é isso aí, acho que deu para entender. Afinal, vocês estão prestes a conhecer as minhas aventuras de autoconhecimento e de... Comece a ler, ué. Não quer perder um segundo, quer?



Primeiro tenho que começar agradecendo a L.L.Alves, Dani me fez perceber que o preconceito começa com nós mesmos e eu sou a Dani todinha, sem por nem tirar, mas até o final do livro eu me negava a acreditar. Foi o primeiro livro em que me identifiquei fisicamente com a personagem e só tenho a agradecer ela por isso. Dificilmente vemos livros que tratam temas de auto-aceitação de forma tão bem humorada quanto em As Grandes Aventuras de Daniella, você vai rir e ainda vai guardar a mensagem por atrás desse livro maravilhoso.

Daniella é gordinha e por isso tem dificuldade em perceber quão maravilhosa é, aos 28 anos ela sempre se acha a segunda opção, a menos importante, a que ninguém se importaria se não estivesse ali. Embora nem tudo o que ela pense de fato seja verdade, a Dani vê um grande problema em perceber que sua vida está parada e que ela se cansou de ser a mesma de sempre, cansou de se sentir inferior perante as outras pessoas. Temos o livro como um verdadeiro diário narrativo.


" Minha gordura gritava e esperneava sempre que eu tentava me igualar ás outras mulheres. A TV dizia isso, as revistas diziam isso, o mundo dizia bem claramente: você é diferente, nunca será como as outras."

O livro é narrado na primeira pessoa, temos a visão de tudo que a Dani pensa e quer fazer. Entramos de cabeça no seu mundo a partir do momento que o namorado lindo dela o Thiago lhe oferece um emprego de secretária na empresa dele, mas como sempre muito insegura ela mal acredita que pode acompanhar o ritmo dele e no meio do caminho tinha uma pedra... ou melhor, uma Fernanda que piora tudo. A história não é sobre uma gorda (sem mais o gordinha, okay?) é sobre alguém que tem que aceitar a si mesmo e começar a ser feliz como é. No início do livro temos a impressão de que ele será muito focado no eu mas conforme lemos percebemos que a verdadeira guerra é da Dani com ela mesma.


"Acho o mundo incrível e cheio de oportunidades"

Para a alegria de quem ama nacionais o livro é ambientado em Florianópolis, o mais interessante é que vemos as aventuras de uma personagem obesa mas não é fantasioso sabe? Eu me identifiquei muito com a Dani porque tudo o que ela passa sendo gorda é real, por isso é tão fácil se apaixonar pelas suas aventuras. O modo como a maravilhosa L.L.Alves escreveu me dava a impressão de que a Dani estava do meu lado e que nós éramos melhores amigas, por isso senti que eu poderia contar qualquer coisa para ela.

Dani vira outra pessoa quando para de ter dó de si mesma, passa a se amar mais e aprende, ou melhor, começa a viver de verdade. É nessa hora que entendemos todas as aventuras que ela passou. A autora faz Dani se desconstruir e se reconstruir criando os próprios padrões de felicidade. 

" Ás vezes vale apena se divertir, estar com quem você gosta e deixar as máscaras de lado.Não somos perfeitos, precisamos de uma válvula de escape. Então a maioria escolhe isso. A ressaca é a sensação ruim que ficam após a bebedeira são dignas depois de passar uma noite agradável." 

As personagens são extremamente cativantes, Thiago, o boy magia bonito e resmungão, faz parte do enorme time de mocinhos perfeitos pares das mocinhas em livros de romance, não tem nada demais nele mas mesmo assim é impossível não se apaixonar por ele. Embora todos sejam cativantes, Dani é quem nos conquista de um jeito que só lendo para saber. No decorrer da história conhecemos seus pais, que são malucos igual ela, temos problemas com o Thiago também (quero dizer, a Dani teve, eu não) e é nesse momento que ela decide que não vai sofrer e que vai ser feliz.

Me arrisco a dizer que esse foi o melhor livro nacional que li, não só porque eu era a Dani mas porque a história condiz com a realidade e faz com que todos os tipos de leitores se identifiquem com a Dani. A história é leve, na quantidade certa de páginas, você consegue sentir o amor da escritora em cada palavra. O livro é incrível e todos tem que conhecer. Além de trazer como tema central uma protagonista obesa ainda é falado sobre assuntos sérios e importantes como a depressão e como isso afeta quem somos e quem vive ao nosso redor.

"Eu não consigo me aceitar. Não consigo aceitar quem sou. Nunca consegui. Nunca deixaram e não tentei o suficiente."

Sabe aquele livro que você nunca consegue largar até terminar e quando termina quer mais? Esse é assim, As Grandes Aventuras de Daniella faz o leitor enxergar que é possível ser feliz do jeito que é e viver grandiosamente. A autora nos teletransporta para uma história divertida, cheia de grandes mensagens e no final você ainda se ama mais quando termina. É tudo TÃO PERFEITO QUE CHOREI QUANDO ACABEI, eu só queria agradecer a autora e dizer que TODOS devem ler o livro e se sentirem grandiosos pelo motivo que seja.



Melhor Livro do Ano <3

2 Comentários

  1. Vi esse livro nos lançamentos da Bienal e fiquei bem curiosa com ele, principalmente porque tenho uma autoestima meio baixa. Acho que é a história perfeita para me ajudar e ainda assim me divertir. São poucos livros com protagonistas gordas e espero não me decepcionar com esse.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura || Participe do top comentarista e concorra por um livro a sua escolha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livro perfeito para ler ! você vai se apaixonar pela Dani <3

      Bjoos Miih

      Excluir