Título Original: Queen of Shadows
Autor(a): Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 644
Gênero: Ficção, Fantasia.
Nota: 






Heeey !

Eu quase não queria estudar para as provas finais do semestre para terminar de ler, Rowan e Aelin (SHIPPO HORRORES ) fazem uma dupla tão gostosa de ler que não conseguia parar de ler. Mas, infelizmente ninguém ganha a vida lendo (pelo menos não no Brasil) e eu tive que estudar, as provas acabaram e eu voltei a ler e: BY THE WYRD, eu pensei que eu não favoritaria no Skoob outro livro de Trono de Vidro mas estava terrivelmente enganada.

Todos que Celaena Sardothien amou lhe foram tirados. Mas finalmente chegou a hora da retribuição. A vingança promete ser tão dura quanto o aço da Espada de Orynth — a espada de seu pai. Finalmente Celaena retornou ao império; por justiça, para resgatar seu reino e confrontar as sombras do passado.
A assassina está morta. Ela abraçou a identidade de Aelin Galathynius, rainha de Terrasen. Mas antes de reclamar o trono, precisa lutar. E ela vai lutar. Por seu primo, a Puta de Adarlan, o general do Norte... um guerreiro preparado para morrer por sua soberana; por seu amigo Dorian, um príncipe preso em uma inimaginável prisão; por seu povo, escravizado por um rei cruel e à espera do retorno triunfante de sua líder; por seu carranam e a libertação da magia.
Ao avançar em seu plano, no entanto, Aelin precisa tomar cuidado com velhos inimigos. E abrir o coração para novos e improváveis aliados. Tudo isso enquanto os valg continuam trabalhando nas sombras. E Manon Bico Negro, a Líder Alada das Treze, treina suas bestas voadoras. Mas é de Morath, a fortaleza montanhosa do Duque de Perrington, que uma ameaça como nenhuma outra promete destroçar seu grupo de rebeldes e sua corte recém-formada. 

Outras capas:


ATENÇÃO PODE CONTER SPOILER DE TRONO DE VIDRO, COROA DA MEIA-NOITE & HERDEIRA DO FOGO !


Trono de Vidro é definitivamente minha saga favorita, não via a hora de poder ter Rainha das Sombras nas minhas mãos. Primeiro devo dizer que as diagramações da Galera Record são incríveis, em Rainha das Sombras não foi diferente e graças a eles que um livro longo como esse não cansa a vista. A fonte é o tipo e o tamanho certo, os espaçamentos são na medida perfeita, assim como a capa e o mapa são feitos com muito carinho. Além de ser uma ótima saga é prazeroso ter um livro como esses na estante, a história é tão cheia de momentos críticos que 644 páginas passam voando.

Aelin deixou definitivamente de ser Celaena, assumiu a rainha feérica que e está decidida a lutar com todas as forças para derrotar seus inimigos. Agora, não está mais sozinha o príncipe feérico Rowan está do lado dela para qualquer fim. A relação deles, embora pareça muito sólida, pode desmoronar porque eles não falam muito do que verdadeiramente sentem um pelo outro. A leitura me deixou arrebatada, quase 700 páginas não foram o suficiente para satisfazer minha abstinência da Sarah J. Maas. O livro deixa um gostinho de quero mais impossível de negar.


"Ela era a herdeira do fogo.
Ela era fogo e luz e cinzas e brasa. Era Aelin Coração de Fogoe não se curvaria para nada nem ninguém, exceto a coroa que era dela por direito e por sobrevivência e por triunfo".

Ela descobre que seu primo, Aedion, está prestes a ser executado pelo rei de Adarlan e isso a faz buscar antigos aliados como seu mestre Arobynn. Novos e antigos amigos surgem para que Aelin comece a colocar as coisas nos eixos novamente, com Dorian escravizado por um príncipe Vlag tudo parece estar definitivamente perdido. Aelin não tem mais o poder do fogo, a rainha feérica, herdeira de Terrassen, está presa em Adarlan novamente como nada além da assassina que sempre foi. Mas em meio ao primeiro problema que aparece assim que Aelin chega, o Rei dos Assassinos parece ter a solução, Arobynn tem o que precisa para tirar Aedion das garras do rei e Aelin se vê obrigada a assinar um acordo com o diabo, literalmente.

"[...] Aedion sorriu para sua rainha conforme o mundo inteiro virou um inferno"

Em Rainha das Sombras temos o passado de Aelin batendo a porta de uma maneira muito diferente como foi em A Lâmina da Assassina (o spin-off que se passa algum tempo antes do primeiro livro), vemos pessoas do seu passado aparecendo e sendo importantes para a desenvoltura do livro. O passado dela é a chave para se entender o quem a rainha das sombras será no futuro, importante também para que Aelin perdoe tudo o que passou e siga em frente. Chaol aparece como um rebelde ao lado da Nesryn Faliq e juntos eles vão começar a planejar para tirar Aedion da morte e consequentemente vão estar em todos os outros planos.

O mais amor desse livro sem dúvida são as personagens, Aedion é MEU AMOR,ele me deixava sem ar cada vez que tinha uma cena com qualquer um que seja, a beleza inegável e o jeito divertido e irônico do primo da rainha me fez babar por ele milhares de vezes, principalmente quando ele e Rowan "brigavam" era realmente para morrer de amores,o general me arrancou suspiros e me fez amá-lo ainda mais.  Lysandra me fez querer ser amiga dela também, ela e Aelin tinham um passado no qual eram inimigas mas agora, sendo duas mulheres, elas veem uma na outra a oportunidade de serem amigas e confidentes. Sarah, queria beijá-la pela relação que criou entre as duas.

" - Alguém já ensinou humildade a você?-Você não aprendeu, porque eu deveria?"

Chaol quebrou meu coração durante o livro, eu o defendo com unhas e dentes porque desde o momento em que coloquei meus olhos nele eu soube que o amaria mas MEU QUERIDO QUASE NÃO CONSEGUI DEFENDER VOCÊ NESSE LIVRO! Ele quebrava meu coração todas as vezes com as coisas que dizia para Aelin e a respeito do que ela era. Mas, também protagonizou uma das cenas mais bonitas com ela quase no final do livro quando eles se perdoam. Nesryn foi uma mulher interessante, um pouco calada e misteriosa mas uma chave importante para a maioria dos planos que foram colocados em execução, embora minha nova personagem favorita seja a Lysandra, tive certo respeito pela Faliq.

Rowan é uma das, senão a principal, personagem principal. O príncipe feérico, carranam da rainha vadia cuspidora de fogo, é o pilar principal para que a própria Aelin não perca sua calma, não perca quem ela é na verdade. Sua imortalidade o tornou cruel e frio em alguns diálogos mas foi divertido ver ele tentando reprimir o desejo pela rainha, sua rainha.  A relação deles se torna poderosa nesse livro e perigosa para os inimigos. Mas a outra personagem principal da trama é a Manon Bico Negro, eu confesso que não gostava muito dela, nesse último livro pude mudar isso porque vi um lado quase humano nela, principalmente quando ela estava com a órfã Elide que foi outra personagem crucial, mesmo se dizendo que ela é uma das melhores personagens da série, não sei se lhe daria todo esse crédito.

" - Quero me demorar com você... aprender... cada centímetro seu. E estre apartamento tem paredes muito, muitos finas. Não quero uma platéia - acrescentou ele ao se aproximar de novo, roçando a boca contra o corte na base do pescoço dela - Quando fizer você gemer, Aelin" (SÉRIO, EU MORRI AO LER ISSO, MORRI)

O enredo é incrível com seus conflitos políticos, acordos envolvendo dinheiro, exércitos se formando, príncipes Vlags, Aedion, Aelin e Rowan chutando alguns traseiros esperando até que a grande guerra comece. Nesse livro entendemos a magia em Adarlan, também entendemos o modo como o rei se tornou o que é. Embora achando que seria impossível Aelin crescer mais, acontece nesse livro. Ela se torna mais poderosa, mesmo sem o poder, ela arruma forças de onde parece não existir porque estava determinada a conseguir salvar todos. De um lado do livro temos Aelin, Aedion e Rowan lutando e tramando planos, Chaol luta por Dorian e temos a Manon com seu exército bico negro. Ser escrito na terceira pessoa é o ponto mais positivo que a trama poderia ter. Sarah nos dá uma versão de 360º graus dos personagens.

"- Você também me faz querer viver, Aelin Galathynius - declarou o guerreiro - Não existir, mas viver - Rowan segurou o queixo dela com a mão em concha e respirou para se acalmar, como se tivesse pensado em cada palavra nos últimos três dias, diversas vezes - Passei séculos perambulando pelo mundo, de impérios a reinos e desertos, nunca me estabeleci, jamais parei... nem por um momento. Estava sempre olhando para o horizonte, sempre imaginando o qu esperava do outro lado do oceano seguinte, sobre a montanha seguinte. Mas acho... acho que o tempo todo, durante todos aqueles séculos, só estava procurando por você."

É um livro incrível! Com um final que me deixou querendo mais, desejando Empire Of Storms. Sarah J. Maas é definitivamente a melhor escritora da minha vida... quero ser assim como crescer. Se você acha que já leu o melhor livro da saga vai rever seus conceitos até lerem as quasse 700 páginas de Rainha das Sombras 



Próximo Livro:

5 Comentários

  1. Eu tenho vontade de começar essa série, mais ainda não fiz isso, fugindo um pouco de muitos livros, preferindo os livros únicos, mas gostei bastante da sua resenha!

    Hey! Se puder dar uma passadinha lá no Estandy Books - A Estante da Andy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comece !Eu não gosto muito de sagas mas esse livro vale mesmo apena, é muito bom eu super recomendo <3 Obrigada flor ^.^ Vou dar uma passadinha sim ><

      Bjoos Miih <3

      Excluir
  2. This blog explains the details of most popular technological details. This helps to learn about what are all the different method is there. And the working methods all of that are explained here. Informative blog.
    Informatica Training in Chennai

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda estou no primeiro livro e já fico me roendo, então no final ela fica com o Rowan?
    Gente e eu aqui torcendo para que ficasse com o Chaol, mas a Celaena é pegadora em?!Tipo, primeiro o Dorian, depois o Chaol, depois o Rowan, não sei os outros mas imagino que a queira!!XD
    Mas fora o fato de não ter tanto romance, pois por mais que eu goste acho que se tivesse muitoo nhe, nhe, nhe não seria muito interessante, mas queria maisss pra saber sabe?
    Ahh, eu chippava tanto Chaol e Celaena!!T.T
    Mas como ainda não peguei a parte do Rowan não irei discutir!!U.U
    kkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não exatamente, a série ainda não terminou mas o que indica é sim com o Rowan. Ainda está no primeiro? Então pode esperar muito hahah, Chaol se torna um incrível idiota e não merece ficar com a Celaena, a melhor coisa que ela fez foi deixar ele, embora eu shipasse os dois no início. Sim, não tem muito romance, nada meloso, ele aparece mais forma ácida e descontraída o que é característico de fantasia, mas continue lendo e me diga o que acha <3

      Bjoos Miih <3

      Excluir