Princess vs Witch


Título Original: Princess vs Witch

Autor(a): Paula Vendramini e Lhaisa Andria
Editora: Selo Lumus (Editora Modo)

Páginas: 273

Tempo de Leitura: Dois Dias

Nota:  







Heeeey !

Esse livro faz parte do booktour do Selo Lumus, desde que essa parceria se consolidou eu quis ler esse livro. Achei a capa interessante e como se tratava de uma fantasia fiquei bem animada para ler, o livro finalmente chegou as minhas mãos então confiram essa resenha:

Na Floresta dos Sem-Voltas, a felicidade da bruxa Majori em finalmente ter se graduado como aprendiz é desfeita ao receber a notícia do noivado da princesa Yuria. O compromisso assumido traria para o Reino da Chuva o seu inimigo mais temido: o sol. Em uma medida extrema para impedir o acontecimento, Majori e Yuria trocam de aparência, e com isso desencadeiam uma série de episódios que acordarão o passado congelado, e mergulhará os Reinos novamente em escuridão.
Abandonada na Floresta dos Sem-Voltas por ter uma marca de maldição e sendo adotada como aprendiz da bruxa Burildamar, tudo o que Majoristanilouvan não quer é que sua vida tranquila seja arruinada pela chegada do sol ao Reino da Chuva.
Trancada dentro dos muros do seu castelo, tudo o que a princesa Yuria quer é uma chance de sair do seu isolamento antes de assumir oficialmente suas obrigações reais.
Quando as duas trocam de aparências através de uma poção e assumem novos lugares, vão precisar lidar com as consequências dessa decisão. Muito além de solucionar problemas, elas movimentam acontecimentos que trazem um novo cenário ao Reino da Chuva. Uma realidade onde o medo do sol, as tempestades descontroladas e o brilho sufocante são chaves que nunca deveriam estar juntas novamente.


Devo começar essa resenha falando da narração. Ela é dividida entre vários personagens e ao contrário de alguns livros fica MUITO BEM CLARO quando muda o foco da narração, mas não é isso que me fez começar a falar por ela e sim o fato de que as personagens são tão reais e bem construídas que é como se lêssemos um diário de cada um delas. A narrativa é simples, objetiva, muito divertida e original. São esses os motivos que me levaram a começar falando por ela, só pela narrativa o livro já te ganha.

A história é sobre Majori uma bruxa de cabelos roxos que mora na floresta dos Sem-Voltas, um lugar em que as crianças "amaldiçoadas" vão quando nascem, esse lugar fica no limite da cidade e é longe do Reino da Chuva. Existem dois reinos o da Chuva e do Sol, como o próprio nome diz em um deles tem só chuva e no outro só sol. Ela é o centro da história, tudo começa quando Majori (que tem um nome enorme de grande, como Majoristanilouvan) o príncipe do Reino do Sol ( o Sr. Brilhante ~literalmente) tem que ir casar com a Yuria (princesa do Reino da Chuva) e com a vinda dele vem o sol e a Majori odeia o sol.

Yuria é a princesa mais típica de todas embora tenha um espírito heroico é mandona e acha que o mundo é o centro de onde ela está mas no fundo ela tem um coração enorme e está pronta para ajudar. Leo é o príncipe também todo típico mas eu gostei dele, mas a irmã dele a Valentina me ganhou sem dúvida alguma. Na verdade todas as personagens são envolventes e nenhuma delas incomoda ao ponto de não conseguir ler. 

Burildamar cuidou da Majori desde que ela foi abandonada na floresta (migos, a história dela é chocante, só lendo para entender) ela é uma bruxa mais evoluída e uma das minhas personagens prediletas ao longo do livro, mesmo que ela de certo modo apareça pouco.

 O livro é uma típica fantasia com mapas, reinos, nomes estranhos e aventuras imensuráveis regadas a magia. É uma leitura despretensiosa e deliciosa, cada página é uma aventura nova. Sem dúvida é uma das melhores fantasias nacionais que eu li. Além de envolvente tem um enredo original e cheio de aventura, um livro muito bem construído e cheio de tudo que uma boa aventura deve ter. Eu super recomendo!

3 Comentários

  1. Oieee!!
    Eu li esse livro e também amei!
    É tão bom *o*

    Beijinhos!
    www.cantinhogeek.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi , esse livro é incrível mesmo <3

      Bjoos Miih *u*

      Excluir
  2. Me desculpe, mas não tem como Leo ser típico!
    O cara já chegou atrasado no primeiro encontro para o café da manhã, sem um pingo de formalidade!
    Quando ficou sabendo que Yuria não era Yuria, mas uma bruxa Sem-Volta, não ficou nem um pouco abalado, etc...
    Pelo menos eu poderia pensar qualquer coisa, menos típico!

    ResponderExcluir