Título Original: Crown Of Midnight 
Autor(a): Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 402
Tempo de Leitura: Dois Dias
Nota: 





Heey !

Sou uma fã apaixonada por tudo que a Sarah J. Maas escreve. Depois que li A Court Of Thorns and Roses simplesmente virei fã dela, não podia deixar de continuar lendo essa maravilha que é Trono de Vidro. Inclusive Herdeira do Fogo já está e pré-venda. Enfim, confiram essa resenha:

Celaena Sardothien, a melhor assassina de Adarlan, tornou-se a assassina real depois de vencer a competição do rei e se livrar da escravidão das Minas de Sal de Endovier. Mas sua lealdade nunca esteve com a coroa. Tudo o que deseja é ser livre — e fazer justiça. Nos arredores do castelo, surgem rumores a respeito de uma conspiração contra misteriosos planos do rei, mas antes de cuidar dos traidores, Celaena quer descobrir exatamente que planos são esses. O que ela não imaginava é que acabaria em meio a uma perigosa trama de segredos e traições tecida ao redor da coroa. Enquanto a amizade entre ela e o capitão Westfall cresce cada vez mais, o príncipe Dorian se afasta, imerso em seus próprios dilemas e descobertas.
A princesa Nehemia acaba se tornando uma conselheira e confidente, mas sua atenção está mais voltada para outros assuntos. Em Adarlan, um segredo parece se esconder por trás de cada porta trancada, e Celaena está determinada a desvendar todos eles para proteger aqueles que aprendeu a amar. Mas o tempo é curto, e as ameaças ao redor castelo de vidro estão cada vez mais próximas. Quando menos se espera, uma trágica noite mudará a vida de todos no reino, e mais do que nunca Celaena quer descobrir a verdade para fazer justiça.

Outras Capas:


 
Não sei se odeio esse livro ou o amo, houve momentos em que morri de felicidade e jamais imaginei que passaria a odiar e amar. Fiquei bipolar só lendo esse livro, por um momento cheguei a me questionar se eu continuaria lendo a coleção, porque vou dizer um shipper nunca quebrou meu coração como a Celeana e o Chaol, primeiro Dorian quebrou meu coração em Trono de Vidro e agora eles.

Sarah J. Maas sabe como destruir sentimentos, isso é fato. O que mais gosto na sua escrita é o modo como descreve lugares, aparências, sentimentos e qualquer outra coisa. Ela descreve bastante mas não o necessário para ficar cansativo ou maçante, é tudo na dosagem perfeita para a leitura fluir.

Em Coroa da Meia Noite, Celeana é a campeã do rei. Ela mata seus inimigos e tudo isso para obter sua liberdade, ela mostrou-se até um pouco compulsiva (no meu ponto de vista) por comprar coisas já que ela tem muito dinheiro, ainda vive no palácio de vidro e tem a amiga do estimado Capitão Westfall (awwnt ~suspiro~como eu amo ele). Celeana passa a ser ainda mais temida.

"Não sei se deveria sentir vergonha por querer ter você nos braços neste dia ou gratidão porque, apesar do que aconteceu até agora, foi isso que, de alguma forma, me trouxe até você."

Devo ter dito na primeira resenha como eu amo a Celeana, embora ache ela muito 8 ou 80 ainda mais nesse livro em que ela acabou com o meu coração e com o de Chaol e eu sinceramente não achei realmente necessário o que ela fez e decidiu que sentiria por ele, queria que eles ficassem juntos mas decidi que com meu coração quebrado jamais shipparei ninguém nessa série.

Celeana passa a questionar as atitudes do rei quando tem que matar um antigo amigo e paixonite, ela acaba descobrindo que eles querem reviver a princesa perdida de Terrasen e que obviamente querem trazer a magia de volta, mesmo que ninguém saiba exatamente quando ela desapareceu. 

Nesse livro temos mais um pouco da Nehemia o que houve com ela foi ruim (sem spoiler), mas nunca gostei muito dela, sempre achei que Nehemia exigia demais da Celeana quando ela mal tinha conseguido voltar ao normal. Quando ela estava lutando pela sua liberdade e ainda odiei mais ainda que foi por causa dela que meu casal se separou.

“— Por que está chorando?— Porque — Sussurrou Celaena, a voz falhando — você me lembra de como o mundo deveria ser. De como o mundo pode ser.”

Por mais que eu esteja triste e put* da vida com o que houve acabei ficando ainda mais ansiosa para ler Herdeira do Fogo, porque eu preciso saber o que vai acontecer. Assim que acabei de ler Trono de Vidro precisava da continuação e esse desejo continua. Há uma pequena mudança de um para o outro, em Coroa da Meia Noite as coisas acontecem mais lentamente, com mais cautela e cuidados.

As cenas de luta ainda são incríveis, há mais romance e paixão nesse livro mas ainda existe muito sangue, vingança e ódio. Que para falar a verdade é uma das coisas que mais gosto no livro, ele foge um pouco do romance (mas eu queria.EU QUERIA O ROMANCE, MINHA GENTE, VOLTEM ESSES DOIS PELO AMOR DO ANJO!), Sarah ainda é incrível e sempre será.

"Mas que qualquer um já amou. Ele a amava o suficiente para arriscar tudo - para desistir de tudo. Ele a amava tanto que Celaena ainda sentia os ecos daquele amor, mesmo agora"

Chorei lendo esse livro porque sim Chaol e Celeana são o casal mais fod* que eu li até hoje, mas enfim nem tudo é um doce. O livro é incrível, eu o adoro. É uma coleção de história para quem quer sair das mesmices dos YA. Leiam e se apaixonem e chorem assim como eu.

Próximo Livro:



Deixe um comentário